18 de outubro de 2019 | Artigos

7 maneiras de se certificar que você está comprando roupas veganas!

Escolher roupas sem crueldade não precisa ser um pesadelo. Para os veganos, escolher roupas às vezes pode produzir mais perguntas do que respostas. Com isso em mente, criamos um guia rápido e útil para ajudar a manter os animais fora de seu corpo e do seu armário!

1. Sinta
Determinar os materiais feitos a partir de animais reais dos falsos é provavelmente o obstáculo mais comum que você enfrentará. Tenha em mente que a pele real se parecerá mais como seu cabelo e terá uma direção de crescimento, mas a pele falsa se parecerá mais como um tapete shag e é costurada em linhas retas. A pele real cresce fora da pele real do animal, mas os couros e peles sintéticos têm um revestimento de tecido que geralmente é branco, e você pode ver a costura. O segredo é ficar atento, sentir bem com as mãos e analisar antes de comprar.

2. Conheça suas roupas
Outra maneira rápida de considerar os riscos quando comprar roupas é conhecer os padrões. Por exemplo, camisetas são geralmente de algodão, mas os ternos são geralmente lã, o que significa que quando você for comprar um terno, terá que buscar uma opção de linho, algodão ou sintética. Outros itens de roupas comuns são sapatos e cintos, que geralmente são de couro e podem ter couro na sola e/ou na parte “superior”. As blusas femininas costumavam ser principalmente de seda, mas agora geralmente apresentam misturas de poliéster/raiom (seda artificial). Os laços, no entanto, ainda são feitos de seda, mas podem ser encontrados em aparência sedosa, graças a nylon, raiom e poliéster. Procurando um terno que não seja feito de lã? Os alfaiates judeus são proibidos de misturar fibras, então tudo é claramente rotulado, e muitas vezes as lojas são divididas em lojas de lã, lojas de linho e lojas exclusivas de algodão.

3. Cuidado com o vintage
Usar detalhes de animais era mais comum no passado, então quanto mais antiga for a roupa, mais provável é que seja feita de animais. Isso deve dobrar a sua atenção para itens como camisolas de lã, casacos, chapéus de couro e feltro e guarnições de pele antigos.

4. Aprenda a ler os rótulos
Aprender a ler um rótulo de vestuário é um pouco como ler as instruções de mobiliário montado, ou seja, verificar peça por peça é fundamental. Ao ler rótulos, procure categorias como forro, concha exterior, superior e quilting. Quando não for encontrada nenhuma lista de materiais, verifique se há um rótulo de “Instrução de Cuidados”. Muitos vestuários feitos a partir de animais precisam ser limpos a seco e não podem ser molhados ou irem no secador, enquanto que os sintéticos modernos e a maioria dos materiais sintéticos são desenvolvidos para a lavagem da máquina. Ou seja, se alguma roupa não pode ser lavada na máquina, desconfie! Além disso, procure misturas. Por exemplo, uma camisola pode ser 75% de acrílico e 15% de mohair (semelhante à seda, produzido a partir do pelo da Cabra Angorá). Outras misturas comuns são algodão/lã e seda/algodão.

5. Obtenha a sua fibra
O algodão é basicamente o melhor amigo de um vegano, já que a maioria dos itens de roupas pode ser feita com algodão e muitos itens já são. Além do algodão, outras fibras veganas incluem linho, poliéster, spandex, lycra, ramie, bambu, cânhamo, denim, nylon, rayon, tyvek, PVC, microfibra, cortiça, acrílico, viscose e modal. Os materiais que sempre envolvem produtos de origem animal são lã, alpaca, caxemira, seda, couro, camurça, maribou, angora, mohair e qualquer coisa com o nome do animal nele (como pele de cordeiro).

6. Não se esqueça dos detalhes
Às vezes, pele, couro e outras coisas são adicionadas à roupa em lugares que você não vê até chegar em casa. Então, sempre verifique se há uma aparência de pele, uma etiqueta de couro em jeans, detalhes de bolso de couro, botões de concha ou chifre e pele de pombo em cachecol e chapéus.

7. Comprar de fontes locais ou confiáveis
Seja comprando online ou pessoalmente, faça perguntas sobre os materiais. Pesquisar irá ajudar a encontrar guias de compras, empresas veganas e outros recursos de roupas veganas. Ou, visite listas de compras amigas do veganismo. Em caso de dúvida, compre de grupos que lutam pelos direitos dos animais para apoiar a causa!

VIA: VegNews

Curta o Veguia no Facebook!

Siga o Veguia no Instagram!